Policiais argentinos afirmam que ratos tenham comido cerca de meia tonelada de maconha apreendida.

O caso se passa em uma delegacia na cidade de Buenos Aires, Argentina, onde se notou que havia desaparecido 540 quilos de maconha que estavam sob posse da polícia. Os policiais então acusaram os ratos de terem comido toda essa quantidade de maconha.

O caso foi descoberto ao trocar os comandantes da delegacia, quando se é necessário confirmar o inventário de provas e itens apreendidos, no inventário constava cerca de 6 toneladas da droga, porém estava presente apenas 5.460 quilos.

Você pode conferir o artigo na integra em El Patagónico.

Veja também:   Propagandas Proibidas da TV