Reserva de Emergência - Você precisa de uma!
25 de junho de 2020

O que é Reserva de Emergência? E onde investir?

Por Eduardo

Esse artigo é baseado no vídeo abaixo, caso prefira clique no play e você terá acesso ao mesmo conteúdo narrado por mim.

Hoje vamos falar sobre Reserva de Emergência! O que é? E onde colocar?

Reserva de Emergência ou Fundo de Emergência, como o próprio nome diz é uma reserva de dinheiro para emergências, mas esse dinheiro não são para serem gastos em lançamentos de produtos ou para trocar de carro. Essa reserva é destinada para imprevistos, como por exemplo, uma perda de emprego ou acidente de trânsito.

Quando ocorrer algum desses acontecimentos, como a perda de emprego, é de lá que você vai conseguir retirar seu sustento por alguns meses. Isso vai ajudar com que você mantenha sua saúde mental em um período difícil, além de conseguir se recolocar profissionalmente de forma melhor já que não precisará de tanta pressa para conseguir um novo emprego.

Quanto de dinheiro eu devo ter na Reserva de Emergência?

Você precisar ter a quantidade de dinheiro que faça você dormir tranquilo. Tem que ser uma quantidade de tal forma que caso ocorra algum dos imprevistos já citados você consiga lidar de forma tranquila sem se desesperar. Vai ser ruim? Vai, mas você pelo menos terá dinheiro para lidar com a situação.

O mínimo ao meu ver, são 3 meses de seus gastos mensais, porém quanto mais você acumular melhor vai ser. No fim essa é uma decisão pessoal sua, então só você consegue dizer quanto ter.

E onde colocar?

Eu pessoalmente coloco em dois bancos e pelo menos 1 mês de meus gastos eu deixo em casa.

Veja também:   Fundos Imobiliários o que é? Descubra o que são FIIs

Coloco em dois bancos porque sempre existe o risco de um banco quebrar e deixo parte em casa para emergências, que eu possa precisar de dinheiro físico e de pronta entrega, além de eu já ter passado por situações em que as agências bancárias estarem com os caixas em manutenção durante o fim de semana e esse dinheiro acabou me salvando.

Esse caso das agências bancárias estarem indisponíveis talvez seja mais difícil de entender para quem mora em cidade grande, porém pessoas de cidades menores talvez entendam melhor. Principalmente se a sua cidade já teve todos os bancos assaltados durante a madrugada. Isso ocorreu recentemente em uma cidade vizinha e nesses momentos ter uma reserva em casa pode fazer muita diferença. Principalmente por ainda ter vários estabelecimentos que não aceitam cartões ou Apps de pagamentos (ainda bem que isso já está se tornando raridade).

E nos bancos? Que tipo de investimento eu deixo aplicado?

Eu deixo na poupança mesmo, porque o objetivo da reserva de emergência não é render e sim para emergências. Então você poderia até optar em deixar tudo em casa, que ela estaria cumprindo o seu papel. Eu não recomendo porque é muito arriscado, você pode sofrer um assalto e levarem toda a sua reserva.

Onde colocar também é uma decisão muito pessoal, da mesma forma que a quantidade acumulada ideal só você pode dizer, onde colocar é a mesma coisa

Você pode decidir fazer como eu e deixar simplesmente em uma conta poupança ou também pode decidir por outro investimento de alta liquidez e de baixa volatilidade. Esses são os únicos quesitos que você não pode fugir no momento de decidir aonde colocar esse dinheiro.

Veja também:   Fundos Imobiliários o que é? Descubra o que são FIIs

Podemos concluir que Reserva de Emergência são para EMERGÊNCIAS, então nada de usar esse dinheiro para comprar ações porque caíram muito ou qualquer outro objetivo que não seja uma emergência real e sempre que usar parte desse dinheiro você precisar colocar como prioridade a recomposição dele.

O segundo ponto é que o local aonde você vai deixar esse dinheiro precisa obedecer os seguintes pontos:

  • Ter alta liquidez (Conseguir resgatar ou usar esse dinheiro a hora que você quiser);
  • Ter baixa volatilidade (não pode subir ou cair 10% em um dia por exemplo, tem que ser algo totalmente previsível);

E você? Já possui reserva de emergência? Não esqueça de deixar seu comentário sobre o que achou do artigo. Vejo você no próximo.